domingo, fevereiro 07, 2010

Cora Coralina "O Cântico da Terra"

Eu sou a terra, eu sou a vida.

Do meu barro primeiro veio o homem.

De mim veio a mulher

e veio o amor.
Veio a árvore,

veio a fonte.

Vem o fruto

e vem a flor.

Eu sou a fonte

original de toda vida.

Sou o chão que se

prende à tua casa.

Sou a telha da coberta de teu lar.

A mina constante de teu poço.

Sou a espiga generosa de teu gado

e certeza tranqüila ao teu esforço.

Sou a razão de tua vida.

De mim vieste pela mão do Criador,

e a mim tu voltarás no fim da lida.

Só em mim acharás descanso e Paz.

Eu sou a grande Mãe Universal.

Tua filha, tua noiva e desposada.

A mulher e o ventre que fecundas.

Sou a gleba, a gestação, eu sou o amor.

A ti, ó lavrador, tudo quanto é meu.

Teu arado, tua foice, teu machado.

O berço pequenino de teu filho.

O algodão de tua veste

e o pão de tua casa.

E um dia bem distante

a mim tu voltarás.

E no canteiro materno

de meu seio

tranquilo dormirás.

Plantemos a roça.

Lavremos a gleba.

Cuidemos do ninho,

do gado e da tulha.

Fartura teremos

e donos de sítio

felizes seremos.

Um comentário:

  1. O verdadeiro nome de Cora Coralina era Ana Lins do Guimarães Peixoto Brêtas.
    Ela nasceu em 1889,na cidade de Goiás, antiga Vila Boa, interior do Estado de Goiás, foi lá que ela viveu toda sua vida, até 1985. Em 1908 Começou a publicar seus poemas em um jornal local.
    Seu primeiro livro, "Poemas dos Becos de Goiás e outras histórias mais", foi publicado em 1965, e apresentou Cora Coralina em cenário nacional, já com 75 anos, o que finalmente a conduziu ao reconhecimento da sociedade nacional como a grande porta-voz de uma realidade interiorana, afetada pelo avanço da modernidade.
    O poeta Carlos Drummond de Andrade, surpreendido com a obra de Cora, escreveu-lhe em 1979: "(...) Admiro e amo você como a alguém que vive em estado de graça com a poesia. Seu livro é um encanto, seu lirismo tem a força e a delicadeza das coisas naturais (...)".

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário sobre esse artigo:

FICA-Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental

FICA-Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental
Lançamento XII FICA, o evento acontece de 08 a 13 de Junho

Filmes Selecionados a XII Edição do FICA

Filmes Selecionados a XII Edição do FICA
The Cove documentário premiado com o "Oscar", participa da XII Edição do FICA

Willian Bonner, uma Aventura Twetteriana.

Lançamento do Livro do Professor Osmar Pires

Lançamento do Livro do Professor Osmar Pires
Professor Osmar Pires