segunda-feira, setembro 20, 2010

Parada Gay em Goiânia

Dinalva Heloiza
Em 5 de Setembro, dia em que se comemorou o “Dia Mundial da Amazônia”, aconteceu nas principais capitais brasileiras, e cidades com maior IDH - Índice de Desenvolvimento Humano - a Parada do Orgulho Gay LGBT, reunindo (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), num movimento nacional intitulado “Nosso Voto, Nossa Força - Por um Brasil sem Homofobia”.
Em Goiânia, uma das cidades mais representativas do orgulho Gay, onde a população se manifesta com respeito e solidariedade ao movimento, aconteceu a 14ª Edição do Orgulho Gay, onde os manifestantes buscaram despertar atenção e sensibilizar a população pela necessária consciência eleitoral, ao eleger em urnas seus candidatos, em outubro próximo.
Nessa 14ª edição do Orgulho Gay em Goiânia, compareceram ao evento quase 60.000 mil pessoas, uma estimativa de M. W.  representante de um dos mais renomados Institutos de Pesquisa Nacional, que preferiu se manter no anonimato, segundo ele, o movimento em Goiânia, é um dos que mais tem repercussão nacional.
O movimento, iniciou sua concentração as 12:00 horas, com saída as 17:00, em frente ao Parque Botafogo, centro da cidade. Dois Trios Elétricos, comandados pelas duas melhores boates LGBTs de Goiânia, MOON BLACK, e D!SEL LOUNGE comandaram a festa.
A Parada percorreu as principais ruas do centro da cidade, após subir a Av. Araguaia, onde circulou pela Av. Paranaíba indo a princípio até o cruzamento com a Av. Goiás, onde até então, em protesto pela atual política exercida em todo o país, percorreram o trajeto em silêncio, o que só era quebrado pelos aplausos da população - a partir do cruzamento com a Av. Goiás, iniciou-se uma verdadeira festa, a fina sintonia entre os dois trios elétricos e os milhares de manifestantes que os acompanhava, exerceram uma verdadeira interação com a população, que os aplaudia alegremente, numa entusiástica euforia.
Do alto do trio elétrico, perdia-se de vista o rio de manifestantes que se formara durante todo o percurso.  A população saía às ruas, ia as calçadas, janelas e sacadas dos prédios, aplaudindo e jogando beijos, numa entusiasmada manifestação de alegria.
O carro da Moon Black, o abre-alas do percurso, fez seu trajeto, tendo ao comando do som, um DJ internacional.  
Por volta das 19 horas o trajeto foi concluído, quando a parada retornou ao local da concentração, tendo transcorrido em perfeita harmonia entre os manifestantes e interação com a população.
Após a manifestação as boates MOON BLACK e D!SEL LOUNGE ofereceram uma festa, em confraternização aos manifestantes da Parada Gay em Goiânia, aos embalos dos internacionalíssimos DJS, em comemoração ao sucesso do evento.  
A campanha eleitoral que acontece nesse pleito se fez presente em duas manifestações.  Por um lado, através de carros estacionados durante todo o percurso por cima das calçadas, se via colado em seus parabrisas traseiros, a foto do candidato juntamente com a sigla partidária, e cargos pleiteados, sem contar os inúmeros carros, adaptados com som e palcos, que se esgueiravam pelos cruzamentos e avenidas, chamando a atenção dos manifestantes, através de portas-bandeira, com siglas partidárias e fotos de candidatos a cargos públicos nessa eleição.
Mas um dos fatos mais impressionantes, observado nessa manifestação, é que ao concluir o percurso da Avenida Tocantins, segundo informações extraoficiais, ao se definir o roteiro junto a SMT-Secretaria Municipal de Trânsito, não foi concedido a Parada, fazer o trajeto que circunda a Praça Cívica em Goiânia, numa manifestação política descriminatória.
A coordenadora do Fórum de Transsexuais em Goiás, Beth Fernandes, que é também a organizadora da mobilização, em conversa, conclui que a parada é um símbolo de manifestação em Goiânia, onde a cada nova edição, existe uma maior adesão tanto das famílias dos homossexuais, quanto dos amigos e simpatizantes que apóiam a luta contra a discriminação.
Beth define a parada como um instrumento que mobiliza novos conceitos, a partir do reconhecimento da sociedade, onde a partir de então é possível estabelecer uma melhor qualidade de vida, com melhores oportunidades em inclusão social e cidadania ativa, conclui.
Após a conclusão do percurso, que transcorreu em perfeita harmonia, vários batalhões de choque da Polícia Militar, atuaram com abusos junto aos manifestantes, forçando a todo custo a dispersão.
O evento encerrou com shows especiais nas boates Moon Black e D!sel Lounge, Djs  de várias partes do Brasil, alegraram os manifestantes, embalando a festa aos sons e ritmos que alegraram a rapaziada, até o raiar de um novo dia.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre esse artigo:

FICA-Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental

FICA-Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental
Lançamento XII FICA, o evento acontece de 08 a 13 de Junho

Filmes Selecionados a XII Edição do FICA

Filmes Selecionados a XII Edição do FICA
The Cove documentário premiado com o "Oscar", participa da XII Edição do FICA

Willian Bonner, uma Aventura Twetteriana.

Lançamento do Livro do Professor Osmar Pires

Lançamento do Livro do Professor Osmar Pires
Professor Osmar Pires