quarta-feira, julho 08, 2015

Edileusa Santos, ou simplesmente Didi!

Amiga querida dos tempos da adolescência, por onde trilhamos muitas histórias. O tempo passou, crescemos, amadurecemos, e os nossos caminhos nos afastaram.



Hoje após nos reencontrarmos e muitas lembranças acrescentadas, faço aqui uma homenagem a esta amiga querida e sua alma poética e lúdica. Edileusa mulher, mãe, e esposa dedicada nos brinda com alguns versos de sua autoria, os quais selecionei desde o período de 2013, onde ela nos guia por suas emoções....

Edileusa Santos, ou simplesmente Didi,



Vale a pena conferir!

Não sou de aço!!
Quero longo abraço de saudade saciada
sem dor....
Em cacho de amor!!!
27/11/2013

Amando sem ser chamado
abraçando sem pecado...
Remador,
sem nunca chegar ai!!!
03/12/2013

 Rejeito cobertas,venha a mim
como fui a ti.
Assim, assim....
04/12/2013

Não sou errante ,
não sou mais uma.
Sou mulher de nome
e alcunha...
Acorda para tanto amor....
Vem !!!
10/12/2013

Ninho construido.
Mas voa Maria...
voa!!!!
Esse "joão" não é o de barro.
12/12/2013

Andando em chamas,
pés fincados não impedem mente de
subir sentindo respingo d'agua doce...
doce! !!!!
11/06/2014

Fagulhas de cacos recomeçar
ignorando providencia;
providencia acolher Fagulhas
sem reticências ...
é Providencia.
01/08/2013

Caminho agreste em boca de grito,
ou chuva no olhar???
Caminhar...
15/12/2013

Tatuagem de agressões...de emoções...
Daqui a pouco é outro "dia",ceda glória.
Ter vida é oferta não cobrada.
Desejo de muitos,
presente de poucos.
17/12/2013

 Adeus ano velho!

O que me reserva 2014???
Não importa!! Até hoje vivi sem saber.
Não fiz pedido algum, apenas agradeci essa
maravilha de entender, aprender....
Digo saudosa: Vaaai 2013, vai!!!
Vou firme a 2014,sem mal-dizer...
afinal cada ano que passa, retira-me,
esse doce viver!!!
31/12/2013

Não fiz planos.
Não tinha o que revelar.
Vi-me em seus olhos, amar....
24/09/2014

Na boca sorriso
tratado e forjado em
penas.
Remendos...
09/10/2014

Há pessoas que amam e
falam a língua dos anjos.
Há pessoas que são amadas,
escutam a voz do anjo e
fingem desconhecimento...
Fazer o que? ??
Continuar. .....isso é amar !
29/10/2014

Reservo direito de sonhar,
competir e lutar.
Vim a esse
mundo sem saber,
caminho sem respostas....
17/11/2014

Algumas Emoções!

Engano e agonia emanam dores.
Retribua com oração e flores. ..
Retribua !
24/11/2014

Várias flores,
vários aromas,
variados perdões.
Fraca carne aflora sem querer adeus...
- Adeus.
10/12/2014


Ao neto Davi!

Quando o vejo, mundo fica lindo,
olhos lacrimejam, coração dispara.
Imaginar vida sem ele, boca seca.
Certeza que ele existe sendo meu,
anjos cantam,
vida encanta e me
entrego.
É semente gerada de semente vinda de mim.....
Hoje é o quinto ano que meu Rei nasceu.
Parabéns DAVI!
Vovó Didi
15/12/2014
                                               Aos netinhos queridos Davi e Rafaela

Mais emoções!

Tempo sonho com véu, casamento...
gerar, gerando...
acabar, acabando....
Tempo.
24/12/2014

Há abraço que destrói,
abraco que ajunta pedaços em nova argamassa....
Estrutura.
29/12/2014

Medo gosta de destruir sonhos.
Enfrente-o ...
Voe alto, voe !!!
29/12/2014

Roseira não chora o tirado....
silência na garganta aliança
ofertada em flores .
Espera chuva
dentro e fora da varanda,
AMOR ....
16/01/2015

Amoooor!!!!!
sou seu "idem" nesse peito que nunca tinha chorado
e derramou .....
18/04/2015

Estrada encruzilhada,
perdão como caminho,
espinho pra cheirar flor....
26/05/2015

Bom é o dia e tempo Senhor de si.
Renegar bondade requerendo senhorio ,
é ser rico pobre,
podendo jorrar, seca.
02/05/2015

Quando se está azul, ama-se como ser amado,
gosta-se de ser gostado, ainda que sem lado...
Quando é madrugada, fala-se sem julgamento,
entrega alma sem vento, sem receio de julgado.
Quando é dia, agradece ter amado, ainda que sem lado, amado...
06/05/2015

Desencanto retendo força,
coração sangrando ausência, são
bálsamo testificando vida
em homens pássaros,
que podem voar.
19/05/2015

Novo som,
nova visão,
novo dia. Se permita.....
29/05/2015

Que amor se ache ,
mãos não se larguem,
tudo encaixe...
31/05/2015

PARIR

Enrosco em cheiros beijos, toques
repetidos e retocados.
Seios fartos, crescimento;
quente colo, segurança.
Balé primoroso sem ensaio,
é amor por amor, dor por dor....
Morre-se ainda assustada com
essa vinda vida.08/06/2015


Vi amor na esquina de casa,
chorei.
Final de tarde, sol escaldante.
Foi miragem ???? Sei não....
Sou seu dengo e
você é meu.
Somos! !!
10/06/2015

Regar com água
ou lágrimas, regar....
O resultado é o mesmo,
flores! !!
16/06/2015

Circunstâncias??? Ignore-as e
caminhe.
Quando não der, Voe...
ainda que aprendendo a voar !!!
19/06/2015

Banquete preparado,
música que toca,
vento que sopra aroma de flores...
Se assente, o lugar é seu.
30/07/2015

Sinto saudades, você ausente.
Eu ausente, você com saudades.
O céu nos entende...
une e sela.
28/06/2015

Podia não ter doído....
sido sonho....
acordado..
ter arrependido.
Sorriu...
valeu! !!!
06/07/2015

 Aqui Edileusa em um momento com suas belas, talentosas e queridas filhas, Paula e Luana  e sua netinha querida, Rafaela

Chamego , bagunça na cama, dizer que ama, como deixar?
Tô morrendo por crias...trago-as comigo no peito choroso de ausência,
sem vou voltar.
MAMÃE
07/07/2015


Carência e abundância,
riso ou dor.
Olhos inchados sem desamor,
em riso por riso e dor por dor... AMOR.
08/07/2015

FICA-Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental

FICA-Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental
Lançamento XII FICA, o evento acontece de 08 a 13 de Junho

Filmes Selecionados a XII Edição do FICA

Filmes Selecionados a XII Edição do FICA
The Cove documentário premiado com o "Oscar", participa da XII Edição do FICA

Willian Bonner, uma Aventura Twetteriana.

Lançamento do Livro do Professor Osmar Pires

Lançamento do Livro do Professor Osmar Pires
Professor Osmar Pires